• Comunicação Glaycon Franco

Glaycon Franco trabalha pela geração de empregos na região e qualificação da mão de obra local

Ao participar de reunião da AMALPA (Associação de Municípios da Microrregião do Alto Paraopeba), realizada em Ouro Branco na sexta-feira, dia 05 de julho, o deputado Glaycon Franco confirmou a disposição da Gerdau em expandir para Conselheiro Lafaiete a área de apoio à produção da siderúrgica: “Temos mantido reuniões com o INDI, instituto que promove o desenvolvimento econômico de Minas Gerais, e também diretamente com o secretário de estado de Desenvolvimento Econômico, Manuel Vítor, para demonstrar o potencial produtivo da nossa região. O foco é atrair empresas para nossos distritos industriais a fim de gerar emprego e renda. É fato concreto que a Gerdau irá investir quatro bilhões e meio de reais em seus empreendimentos Brasil afora, dos quais um bilhão e meio virão para a planta da siderúrgica em nossa região. Tão logo tivemos ciência desta expansão, viabilizamos uma série de reuniões, não apenas com o secretário de Desenvolvimento Econômico, como também com o INDI, que é a agência de fomento ao desenvolvimento do estado. O último encontro reuniu o prefeito de Conselheiro Lafaiete, Mário Marcus, representantes do INDI e a diretoria da Gerdau para avaliar quais seriam as formas possíveis de investimento na cidade”.

Glaycon Franco ressaltou que a prioridade inicial é a garantia da oferta de empregos para os trabalhadores da região, compromisso que, de acordo com o deputado, foi assumido pelos executivos da Gerdau: “Queremos também que a expansão da siderúrgica beneficie Conselheiro Lafaiete, pois a cidade oferece uma área privilegiada, abastecida por gasoduto e com fácil acesso aos grandes centros do país através da BR-040, favorecendo imensamente os projetos de investimento da empresa. Os empresários receberam o apoio irrestrito do prefeito de Lafaiete para que se instalem na cidade empresas prestadoras de serviços e fornecedoras de insumo à Gerdau. Seria uma forma de contrabalancear a arrecadação de ICMS sobre produtos siderúrgicos, já que Lafaiete recolhe hoje menos imposto do que Ouro Branco e Congonhas”.

Deputado Glaycon Franco junto de demais presentes na reunião no INDI

Ainda segundo o deputado, os executivos se mostraram extremamente entusiasmados com a possibilidade de implantar linhas de produção no novo distrito industrial de Lafaiete. Para tanto, recomendaram o incentivo à capacitação da mão de obra local. Segundo Glaycon Franco, os segmentos político e econômico da região já estão se movimentando neste sentido: “Estamos buscando o apoio dos prefeitos para que a gente possa ofertar os cursos adequados para atender a estas futuras demandas. Ontem mesmo estive reunido com a reitora da UEMG (Universidade do Estado de Minas Gerais), Lavínia Rosa Rodrigues, já que a instituição ainda não tem sequer um campus em nossa região. O primeiro passo é implantar uma unidade avançada que, futuramente, pode se tornar um campus. Também sugerimos alguns tipos de cursos que atenderiam, não apenas a demanda de nosso setor siderúrgico, mas também os segmentos da agropecuária e do agronegócio, favorecendo, inclusive, o crescimento da agricultura familiar, que é outra atividade em prol da qual temos trabalhado incansavelmente”, concluiu o deputado.

#Cidades #Desenvolvimento #INDI

1 visualização0 comentário