• Comunicação Glaycon Franco

Glaycon Franco enumera conquistas de seu mandato para a população da região das Vertentes

O deputado estadual Glaycon Franco foi recebido na rádio Clube de Carandaí, onde concedeu uma entrevista longa, abrangente e esclarecedora. Entre os assuntos abordados, as diversas melhorias implantadas em cidades da região das Vertentes, advindas de sua atividade parlamentar e de entendimentos conduzidos no âmbito do governo de Minas Gerais.

Uma das preocupações constantes de Glaycon Franco traduz-se no reforço às ações de segurança pública: “Recentemente, prestigiamos a posse do novo diretor do 13º Departamento da Polícia Civil, delegado Alexandre Federico. Tenho certeza de que, juntamente com o Dr. Carlos Capistrano (que hoje ocupa um cargo importante no governo do estado), ele dará um novo impulso à manutenção da segurança na nossa região. Federico é responsável pela segurança em 64 cidades em três regionais: de Barbacena, Lafaiete e São João del-Rei. Em atendimento a um pedido da regional de Lafaiete, colocamos recurso para a aquisição de uma viatura com cofre, ou seja, equipada para o transporte de preso, que a unidade ainda não tinha. Nossa emenda parlamentar atendeu igualmente ao 31º Batalhão da Polícia Militar, que responde por várias cidades e também precisava de uma viatura deste porte. O comandante do 31º Batalhão, tenente-coronel Rocha, vem fazendo um grande trabalho na Polícia Militar e agora, em harmonia com o delegado Alexandre Federico na Civil, tenho certeza de que os dois vão conseguir manter e melhorar os níveis de segurança. É bom que se diga que somos uma das regiões mais seguras do estado e do Brasil. Esperamos que, com este novo alinhamento, as famílias se sintam ainda mais tranquilas.”

O incentivo às atividades esportivas e de lazer é uma das marcas do mandato de Glaycon Franco e a região das vertentes não poderiam ficar fora deste esforço. Recentemente, Glaycon Franco levou o programa Campos de Luz às cidades de Carandaí e Capela Nova e outros municípios receberão em breve a mesma benfeitoria: “Sou um desportista e entendo o esporte como uma porta de entrada para a formação de cidadãos. Desde o ingresso nas categorias dente de leite e infantil, o esporte tem a virtude de formar cidadãos, moldar líderes, ensinando a nossas crianças e jovens a viver em grupo e conviver em sociedade. Uma de nossas maiores preocupações é impulsionar o esporte na nossa região, principalmente o futebol, que é a paixão maior dos brasileiros. Em breve, estaremos inaugurando o projeto Campos de Luz a Carandaí, Capela Nova, Cipotânea e Jeceaba. Com a iluminação noturna o campo passa a ser um espaço multiuso, podendo abrigar outros eventos, além da prática esportiva. Estaremos, desta forma, alcançando a meta definida em nosso mandato de incentivar o esporte e propiciar melhores condições para a prática esportiva.”

A região das vertentes tem vocação natural para a atividade agrícola. Os pequenos produtores sempre mereceram especial carinho do deputado Glaycon Franco, ele próprio oriundo de uma família estabelecida no campo: “Cerca de 15 dias atrás, fizemos um grande encontro regional em Conselheiro Lafaiete, em parceria com a oitava Superintendência Regional de Ensino, quando reunimos a maioria dos diretores de escolas estaduais da região e diversas associações de produtores rurais. Temos hoje uma lei que obriga a que prefeituras, estados e escolas públicas adquiram, no mínimo, 30% dos produtos oriundos da agricultura familiar. É ela que hoje movimenta a economia no Brasil. 60% da produção leiteira no Brasil, mais de 70% da mandioca, do café e do feijão vêm da agricultura familiar, que se constitui na base econômica de 90% das cidades com até 20 mil habitantes. Estamos trabalhando para que as associações de produtores rurais visitem a superintendência e as escolas, se inteirem da situação e busquem orientação sobre como e onde vender o seu produto no âmbito do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). Ao mesmo tempo, vimos trabalhando a questão dos licenciamentos ambientais regionais para fortalecer e desburocratizar empreendimentos rurais na nossa região. É o caso do SIM (Sistema de Inspeção Municipal Regional), para que aqueles que já produzem dentro de normas sanitárias específicas possam expandir a comercialização de seus produtos para toda a região. Afinal, se a economia do país não está pior, isso é graças ao homem do campo”, concluiu Glaycon Franco na entrevista à rádio Clube de Carandaí.


1 visualização0 comentário