• Comunicação Glaycon Franco

Glaycon defende Parque Estadual da Serra do Ouro Branco

Não é a primeira vez que se tenta alterar os limites do Parque Estadual da Serra do Ouro Branco. Voltou a tramitar, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o projeto de Lei, agora sob n. 3.009/2015, que trata da exclusão do “Morro do Bule”, do perímetro do parque.

Na legislatura anterior, o deputado Glaycon Franco empreendeu grande esforço juntamente com lideranças de Ouro Branco e ambientalistas para que o limite do parque não fosse alterado. Glaycon posicionou-se fortemente, em plenário, contra a modificação dos limites da reserva ambiental, e o projeto de lei foi arquivado.

Nesta legislatura, o projeto voltou a ser apresentado e encontra-se tramitando, aguardando parecer. O deputado Glaycon Franco já está acompanhando o andamento da proposição e preparado para combatê-la novamente.

A área que se pretende excluir do parque, além de ser importante área verde no contexto da reserva, ainda representa um sítio histórico ímpar, porque contém resquícios de antigas atividades minerárias. Se depender de mim e do meu esforço, esse parque não será alterado. Gostaria que a população de Ouro Branco se unisse a mim nessa empreitada”, afirmou o deputado.

O Parque Estadual da Serra do Ouro Branco foi regulamentado pelo Decreto 45.180 de 21/09/2009, que estabelece, para o parque, uma área de 7.520 hectares, na borda sul da Serra do Espinhaço.

0 visualização0 comentário