• Comunicação Glaycon Franco

Deputado Glaycon Franco defende produtores leite durante reunião na Assembleia

Preocupado com a atual situação do homem do campo, em especial, os produtores de leite, o deputado Glaycon Franco compôs a mesa de convidados durante a reunião conjunta das Comissões de Desenvolvimento Econômico e da Comissão de Agropecuária e Agroindústria no dia 25/02, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG, que debateu os assuntos relativos à crise econômica que atinge a cadeia produtiva do leite no âmbito do Estado.

Durante a reunião, os produtores e representantes de sindicatos solicitaram às comissões, um plano para que medidas venham a ser feitas em benefício dos produtores que vem encontrando dificuldades de se manterem ou expandirem, devido ao custo total investido na produção.

Com a inflação o produtor sentiu muito, impactando diretamente no custo final do produto.

Minas é conhecido como um dos maiores produtores de leite e acaba repassando o aumento do seu produto ao consumidor final. Outro desafio encontrado pelos produtores é em relação a energia elétrica que, em muitas cidades, tem causado transtornos pela falta e demora de providência.

A falta de segurança nas regiões rurais têm sido outra preocupação das famílias que vivem da produção. Muitos desses produtores se sentem abandonados à própria sorte ao verem as suas máquinas e animais serem roubados e ainda, serem agredidos.

Diante de todos os argumentos apresentados pelos produtores, o deputado Glaycon manifestou o seu apoio e se dispôs a ajudar no que for necessário para que novos projetos de Lei sejam feitos e apresentados em outras reuniões. Glaycon, que também é filho de produtor rural, se identificou com os questionamentos e disse que é necessário fazer um tratamento diferenciado dos produtores para aproximá-los da legislação que beneficia os microempresários.

Sou filho de veterinários e produtor rural e, desde que eu me entendo por gente, eu vejo essa luta do meu pai que vai desde a produção até a exportação.

Com tudo isso, os pequenos e os médios produtores são os que mais sofrem, assim como meu pai com as dificuldades das estradas que se encontram em ruínas. Precisamos trabalhar juntos para mudar essa realidade e oferecer novas oportunidades aos produtores”, declarou Glaycon.

0 visualização0 comentário