• Comunicação Glaycon Franco

Com Emenda Parlamentar de Glaycon Franco escola de música compra quase 80 instrumentos musicais

Em Conselheiro Lafaiete, existe uma entidade que se dedica a democratizar o acesso ao conhecimento musical a fim de que o talento prevaleça sobre a condição social ou econômica: A Ars Magna Associação Sociocultural (AMACULT) atende, hoje, mais de 80 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, que frequentam os cursos diversos na área musical. Sediada no bairro São Judas Tadeu, a entidade atende, também, moradores de outros bairros de Lafaiete.

Incentivador de artes e cultura, em suas variadas manifestações, o deputado estadual Glaycon Franco beneficiou a AMACULT, com a proposição de Emenda Parlamentar, no valor de R$34.812,36. Com a verba, além de equipamentos de som e outros itens, a escola adquiriu diversos instrumentos, incluindo 1 piano elétrico, 50 flautas, 12  violinos, 25 suportes para partituras, 8 violas d’arco, 03 trompetes e 04 clarinetes.

No sábado, 07/03, Glaycon Franco prestigiou a abertura do calendário 2020 de estudos musicais teóricos e práticos ministrados pela Associação de Música, Arte e Cultura de Lafaiete. Em seu pronunciamento, o deputado ressaltou a importância da música e a excelência dos professores que ensinam na entidade: “Meus grandes heróis são meus professores, desde os do ensino primário aos que me ajudaram a me formar em medicina. Uma das cadeiras que sempre considerei de extrema importância é a que propaga arte e cultura ensinando educação musical. Ao despertar no aluno aptidões que ele nem imaginava possuir, esta cátedra ajuda a formar cidadãos com valores éticos e espírito elevado. Para ressaltar a qualidade dos mestres, empenhados na formação de jovens músicos em nossa cidade, basta lembrar que o time de professores da AMACULT é integrado, entre outros, pelo violonista Tuca Boelsums, um instrumentista atuante que formou o lendário conjunto “Queluz de Minas”, que fez enorme sucesso e cujo nome está eternamente gravado na história de Conselheiro Lafaiete e região. A AMACULT está de parabéns pelo quilate dos professores arregimentados”, afirmou o deputado.

Além de Tuca Boelsums (Violão), a AMACULT conta no seu quadro de professores com Lídia Marzano (Piano), Cinara Patrícia (Viola D’Arco), Leonardo Casillas (Violino) e Washington Silvério (Flauta Doce).

O presidente da Associação de Música, Washington Silvério, salientou a relevância do recurso proveniente da Emenda Parlamentar destinada por Glaycon Franco para o desenvolvimento da grade curricular idealizada pela escola: “O projeto da AMACULT prioriza o ensino da música para crianças e jovens porque é nesse período que eles se deparam com momentos de indecisão e vulnerabilidade. Nosso projeto entra aí como uma proposta de direcionamento certo, oferecendo um norte, uma ocupação, um rumo a seguir. A tarefa de oferecer aos jovens um futuro promissor não é apenas do governo, mas de todos os cidadãos. Música e arte são possibilidades de um futuro melhor para aqueles que se disponham a aprender. Queremos, publicamente, agradecer ao deputado Glaycon Franco pela destinação desta emenda. Não fosse o empenho dele, certamente enfrentaríamos grande dificuldade para levarmos adiante nossa iniciativa e não poderíamos disponibilizar tantas vagas quanto as que estamos oferecendo agora”, declarou o presidente da AMACULT.

Instrumentos adquiridos com os recursos da emenda do deputado Glaycon Franco

Aulas

As aulas acontecem no bairro São Judas Tadeu, nas dependências do Santuário de São Judas Tadeu e também nas dependências da Escola Municipal Marinho Fernandes.  A AMACULT não cobra mensalidade, exceto para o Coral e as aulas de Violão (destinados aos adultos) para as quais será cobrado o valor mensal de 25,00.

#GlayconFranco #Música

0 visualização0 comentário