• Comunicação Glaycon Franco

Assembleia de Minas entrega ao governador Romeu Zema R$ 80 milhões economizados em 2020

Atualizado: Mai 20

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais entregou, na última terça-feira, 23 de fevereiro, um cheque simbólico no valor de R$ 80 milhões ao governador Romeu Zema. Em solenidade realizada no salão nobre da Casa, o evento contou com a participação de representantes do Legislativo e também do Executivo.


O valor entregue ao atual chefe do Governo de Minas é fruto do trabalho de contingenciamento de gastos elaborados pela ALMG no último ano. Segundo o presidente da ALMG, Agostinho Patrus, os R$80 milhões devem contribuir em diversos setores, como no enfrentamento da pandemia da Covid-19 e também em outros desastres que acontecem no restante do Estado, tais como chuvas e alagamentos: “Em meio a tantas adversidades que enfrentamos em nosso Estado, é um dever de todos contribuir”, afirmou o presidente.


Na oportunidade, o Governador disse que seguirá a indicação de Patrus e que destinará os recursos integralmente para a área da saúde, tendo em vista os atrasos nos repasses do Governo Federal, que ainda não chegaram para o ano de 2021. Além disso, Zema afirmou que a atitude da ALMG é exemplar para o todo o Brasil.


Esta não é a primeira vez que a Assembleia devolve aos cofres públicos economias feitas na Casa. No ano de 2019, durante o evento Assembleia Fiscaliza, a Assembleia de Minas devolveu o valor de R$ 46 milhões, que foram economizados pelo parlamento mineiro.


A atitude foi celebrada pelo deputado Glaycon Franco, que comentou a positiva repercussão da ação realizada pelo Poder Legislativo: “Acredito que ações pontuais como esta, sobretudo durante a pandemia, são fundamentais para demonstrar ao povo mineiro a boa administração que a Casa Legislativa faz com o dinheiro dele. Parabenizo ao colega Agostinho Patrus pelo exemplar gerenciamento da ALMG e pelo compromisso com o patrimônio público”, finalizou.


Dentre outras ações realizadas pela Casa está a iniciativa que começou em 2020, ampliou os investimentos públicos em saúde, como o remanejamento de emendas parlamentares, em um valor de R$ 300 milhões, e a destinação de quase R$ 2 milhões para o financiamento de consultas médicas e outras ações promovidas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

#GovernodeMinas

4 visualizações0 comentário